Jotunheimen - Paulo Miranda

paulo miranda -fotografia & viagem

 

Planejamento

Tudo começou quando, finalmente, decidi conhecer a Noruega. Muitas coisas sempre me atraíram naquela faixa de terra recortada por fiordes: a localização no globo terrestre (latitude), as paisagens, personagens chave na exploração dos polos - Fridtjof Nansen e Roald Amundsen -, um país com um nível baixíssimo de desiguladade social, onde o privilégio é execrado etc. E é claro... se houvesse de ir, fazer uma caminhada seria imperioso.

Como sou das antigas, fui atrás de um livro-guia e achei o Walking in Norway (por Connie Roos, Cicerone Press), que apresenta várias trilhas e fornece - como não poderia deixar de ser num livro de abrangência nacional - informações genéricas sobre caminhadas como, por exemplo, abrigos, equipamentos, dificuldades, estações do ano, clima, acampamento, segurança etc. Estão disponíveis, também, aquelas informações básicas de como chegar e se locomover no país, acomodação, escritórios de turismo, moedas, língua, correios, comida etc etc e mais etc.

Mas o grande valor do livro é fornecer uma boa ideia das possibilidades de caminhadas e as regiões nas quais estão localizadas. São descritas 20 trilhas, que se estendem do planalto de Hardangervidda, no sul, até a região de Finnmarksvidda, nos vazios platôs do extremo norte da Noruega. O interessante é que o(a) pretendente a perambular pelas terras nórdicas não precisa ficar limitado(a) às trilhas apresentadas pois estas se cruzam com outras tantas que se cruzam com outras mais... E, apesar do emaranhado de trilhas se entrecruzando, não precisei ler todo o livro para escolher o Parque Nacional de Jotunheimen pois, afinal de contas, é onde se localiza o ponto mais alto da Noruega.

Outra fonte essencial de informações para quem quer caminhar pelas trilhas norueguesas é o site da associação de caminhadas Den Norske Turistforening (DNT). Acesse, leia e releia tudo. E o coloque nos favoritos.

Além do próprio site, essa associação tem um planejador de trilhas (Hele Norges turplanlegger) que é o paraíso! É uma base de dados compartilhada pela comunidade, o que significa que qualquer um pode submeter dados e informações de uma caminhada realizada: perfil da trilha (ascenção e descida), arquivos .gpx (GPS), fotos, mapa, um breve relato, tempo e distância de caminhada, graduação etc. Há centenas de trilhas. Visite o site e faça a festa. E quanto à língua, não se preocupe: tem uma versão em inglês. Uma funcionalidade muito interessante desse planejador é o mapa virtual da Noruega, em que se pode ver com detalhes não só os traçados de todas as trilhas (de verão e de inverno) mas também as curvas de nível, abrigos, lagos, geleiras etc. Fantástico!

Como se tudo isso não fosse suficiente, a ainda DNT tem uma loja virtual, onde se pode adquirir as imprescíndiveis cartas topográficas Jotunheimen Vest (oeste), código 2505, e Jotunheimen Aust (leste), código 2503, da série Turkart. Publicadas pela Nordeca na escala 1:50.000, a qualidade das cartas é excepcional, com apresentação de todas as trilhas, abrigos e respectivos serviços, além das coordenadas UTM, que facilitam o uso de GPS.

Outra opção pra se comprar as cartas é o site norueguês especializado em materiais e itens cartográficos Kartbutikken, cuja versão em inglês é mais eficiente.

O Parque Nacional de Jotunheimen possui uma rede de abrigos que dispensa a necessidade de acampar: uns são particulares e outros pertencem à DNT. No caso destes, existem dois tipos em Jotunheimen: aqueles com uma equipe para atender aos caminhantes e os que funcionam na base do auto-serviço. Quanto aos primeiros, não é necessário ser sócio da associação para usá-los mas o contrário é mais vantajoso pois o associado tem direito a descontos. Já os últimos são reservados aos sócios: acesse o site da DNT para obter todas as informações necessárias, inclusive como se tornar sócio.

Mas se a opção for acampar, a Noruega garante a todos o acesso a qualquer área pública desde que não seja expressamente proibido. Esse direito é garantido pelo Allemannsretten (literalmente, "direito de qualquer um"), uma regra surgida pelos costumes(1) do país e oficializada em 1957 pela lei que regulamentou a recreação ao ar livre. No caso de Jotunheimen, isso se traduz em poder perambular por qualquer lugar e acampar em qualquer lugar, salvo em torno dos abrigos, onde há áreas expressamente designadas para tal.

Transporte

Atenção: os horários dos ônibus apresentados abaixo variam de acordo com a época do ano e de um ano para outro. Portanto, consulte-os apenas como referências iniciais no planejamento.

Como são vários os pontos de acesso, várias são as opções de transporte de/para o Parque Nacional de Jotunheimen. Mas a minha decisão de começar a caminhada em Gjendesheim e terminar em Spiterstulen as reduziu à linha de ônibus Valdresekspressen, da Nor-Way Bussekspress, que percorre o trajeto Oslo/Gjendesheim/Lom/Leirvassbu.

Muito útil, também, é a página FAQ for Lom and Jotunheimen do Turistinformasjonen da cidade de Lom, com ótimas e úteis informações e dicas a respeito não só da cidade (como transporte de/para a cidade e acomodações) mas também a respeito do parque nacional.

Em tempo: Lom é a cidade mais próxima dos abrigos Spiterstulen e Juvasshytta, de onde partem as principais vias de acesso ao Galdhøpiggen, o ponto culminante da Noruega.

Em meio a todas as informações sobre transporte nos sites acima, os únicos horários que não consegui via web foram os dos ônibus entre Lom/Spiterstulen e Lom/Juvasshytta pois os links não funcionam (pelo menos até a publicação desse texto). Por isso, seguem os horários do verão de 2017 da empresa que faz esse trajeto - opplands TRAFIKK - obtidos em um livreto de informações turísticas:

Lom » Juvasshytta Juvasshytta » Lom
saída chegada período saída chegada período
8:25 9:20 30/6 - 20/8 9:45 10:35 * 30/6 - 20/8
13:30 14:25 30/6 - 20/8 17:15 18:05 30/6 - 20/8
Lom »Spiterstulen Spiterstulen » Lom
saída chegada período saída chegada período
8:25 9:20 3/7 - 20/8 9:35 10:35 * 3/7 - 20/8
15:00 15:55 3/7 - 20/8 16:10 17:20 3/7 - 20/8
15:00 15:55 ** 16:10 17:20 **

* chegada a Lom programada com a partida às 10:40 para Oslo do Valdresekspressen no período de 1/7 a 3/9.

** 30/6 e 25/8 a 17/9 - só às sextas-feiras

  1. "Direito Consuetudinário: o que não está escrito e é só fundado nos usos ou costumes." (Dicionário do Aurélio)

Copyright © Paulo Miranda -  2017